/Tudo Sobre Ejaculação Precoce E Disfunção Erétil
Ejaculação Precoce

Tudo Sobre Ejaculação Precoce E Disfunção Erétil

Tanto a Ejaculação Precoce quanto Disfunção Erétil são problemas que fazem com que 40% dos homens se sintam frustados e incapazes de proporcionarem real prazer às suas parceiras.

O objetivo deste artigo portanto é proporcionar à você, caro leitor, os conhecimentos necessários para que possa atingir o ápice em sua vida sexual e surpreender na hora “H”.

Ejaculação Precoce

O que é

A Ejaculação Precoce, assim como a Disfunção Erétil, são disfunções sexuais masculinas que aceleram o processo de ejaculação durante o ato sexual. A primeira ocorre com grande frequência e é caracterizada pela insatisfação do tempo de penetração até a ejaculação.

Os resultados são graves, com abalo psicológico e afastamento na intimidade sexual. Além disso, a ejaculação precoce pode gerar preconceito, por parte do próprio paciente, o que o leva à falta de diagnóstico e tratamento.   

Diagnóstico

É feito através de exames clínicos com base no depoimento do paciente. Com relatos sobre a ocorrência e frequência dos eventos, o especialista pode pedir exames complementares, como de dosagem hormonal.

A ejaculação precoce pode ser identificada em três níveis: primária – acomete o paciente desde a primeira relação sexual; secundária – quando apresenta espaços de tempo sem ejaculação precoce; e ocasional ou situacional – tem uma frequência menor e com algumas pessoas. 

Fatores de risco

Os fatores que influenciam a ejaculação precoce são muito variados e se caracterizam por motivos psicológicos e orgânicos.

A ansiedade é responsável por grande parte dos casos, mas doenças como prostatite, alterações que envolvam o hormônio serotonina e problemas na tireoide também são apontados como causadores. 

O grupo de risco entre faixa etária também é muito grande, já que os fatores são passíveis de ocorrer em qualquer idade a partir da adolescência ou início da vida sexual.  

Prevenção

A principal causa da ejaculação precoce é a ansiedade. Ela pode estar relacionada com a preocupação em satisfazer o outro durante o ato sexual e até mesmo com preocupações do dia a dia.

A tensão provoca a ansiedade, mas pode ser aliviada com atividades que relaxem o corpo e a mente. Exercícios físicos são uma ótima saída para descontrair a cabeça e manter o corpo ativo, além de liberar endorfina.

Sintomas

A ejaculação precoce não é considerada uma doença, mas sim um sintoma que pode aparecer por problemas orgânicos ou psicológicos. Cerca de 30% dos homens adultos relatam a ocorrência de episódios de ejaculação precoce. Por isso, ao aparecer o sintoma é necessária a investigação para saber qual a causa raiz.   

Tratamento

O tratamento para ejaculação precoce é baseado em psicoterapia sexual e farmacoterapia e também pode ser tratado com remédios, como por exemplo XtraPower e XtraPower Gel, onde o primeiro atua de dentro para fora, tratando os sintomas a longo prazo, e o segundo na parte externa, com efeito imediato, por isso aconselhamos o uso em conjunto.

Antidepressivos e analgésicos também são opções bastante usadas. Já os inibidores de fosfodiesterase do tipo-5 são mais aplicados em situações que envolvam disfunção erétil-impotência. Muitos especialistas indicam a combinação das duas opções para um melhor resultado.

Outra maneira de se sentir mais tranquilo com a situação é conversar com a sua parceira (o) sobre o assunto. Caso o problema seja de origem psicológica, uma terapeuta sexual pode ajudar a descobrir a causa e até a cura.

Algumas técnicas são utilizadas como paliativos para ajudar no controle do momento do coito. Uma terapeuta sexual pode orientar e explicar como cada técnica pode ser aplicada pelos casais.

Perguntas frequentes

  • Existe um tempo mínimo para ejacular?

Não. O ato sexual se difere para cada pessoa e o tempo até a ejaculação envolve outros aspectos como excitação e ansiedade.

  • Como descobrir se tenho ejaculação precoce?

É considerada ejaculação precoce quando o evento se repete sempre ou quase sempre em um período muito curto, causando insatisfação sexual. A consulta com um urologista é a melhor forma de se obter um diagnóstico correto.

  • Apenas adolescentes têm ejaculação precoce?

Não. Apesar dos jovens terem menos experiência e confiança durante o sexo, qualquer um com vida sexual ativa pode ter ejaculação precoce. Os motivos são muito variados e pode ocorrer por ansiedade ou por doenças como a prostatite. O recomendado é procurar um urologista para identificar a causa e os possíveis tratamentos.  

  • Existe diferença entre ejaculação precoce e disfunção erétil?

Sim. A ejaculação precoce é um sintoma relacionado a questões emocionais e doenças e não permite um longo tempo de ereção. Já na disfunção erétil, que pode ser desencadeada pela ejaculação precoce, não é possível ter ereção em nenhum momento. Ambos levam o casal à insatisfação sexual.

  • Posso ter orgasmos mesmo com ejaculação precoce?

Sim. O orgasmo representa o ápice do prazer no ato sexual e não precisa estar ligado à ejaculação. Ele pode vir antes ou depois e até mesmo junto. Porém, como a ejaculação precoce ocorre em um período muito curto de penetração ou na falta dela, gera um desconforto que acaba por impedir o desenvolvimento da ação e interfere no aproveitamento do sexo, prejudicando o alcance do orgasmo.   

Disfunção Erétil (Impotência Sexual)

A Disfunção Erétil, também conhecida como disfunção erétil, é a incapacidade e dificuldade em ter ou em manter uma ereção do pênis que permita ter um contato íntimo. Assim, o homem pode ter um problema quando esta dificuldade acontece em pelo menos 50% das tentativas para ter contato sexual, e o que pode acontecer é que a ereção não é suficientemente rígida para que possa haver penetração.

Este problema pode ser tratado através da utilização de medicamentos, como XtraPower, que possui efeito a longo prazo, e ainda XtraPower Gel, que possui efeito imediato, tratando assim a disfunção erétil a curto e longo prazo.

A Disfunção Erétil, bem como a Ejaculação Precoce, afetam na sua maioria homens entre os 50 e os 80 anos, e além de prejudicar a saúde sexual e íntima do homem, pode também trazer outros problemas psicológicos como a depressão, contribuindo por isso para uma diminuição da qualidade de vida.

Disfunção Erétil
Disfunção Erétil

Principais Causas

Algumas das causas mais comuns que levam a problemas de disfunção erétil incluem:

  • Uso de drogas;
  • Alcoolismo;
  • Obesidade;
  • Uso excessivo de certos medicamentos como anti-hipertensivos, antidepressivos e antipsicóticos por exemplo;
  • Problemas psicológicos como depressão, traumas, medo, insatisfação ou diminuição da libido;
  • Doenças crônicas, como insuficiência renal ou diabetes.

Além disso, o tabagismo é outra das principais causas da Disfunção Erétil, pois o cigarro reduz o fluxo de sangue no órgão sexual, podendo dificultar a ereção ou impedi-la completamente.

Sintomas

Alguns dos principais sintomas da Disfunção Erétil incluem:

  • Dificuldade para conseguir ou para manter uma ereção;
  • Ereção menos rígida e mais flácida;
  • Redução do tamanho do órgão sexual;
  • Mais tempo para atingir a ereção;
  • Dificuldade em manter contato íntimo em algumas posições sexuais;
  • Maior esforço e concentração para manter a ereção;
  • Diminuição dos pelos no corpo;
  • Diminuição do número de ereções espontâneas ao acordar;
  • Ejaculação mais rápida que o habitual;
  • Alterações ou deformação no órgão genital;
  • Doença vascular periférica que dificulta a passagem de sangue para os membros inferiores do corpo, como pernas, pés e órgão sexual.

Diagnóstico

Para fazer o diagnóstico da disfunção erétil, o médico irá fazer um registo detalhado de todas as dificuldades sentidas durante o contato íntimo, além de se informar sobre outras possíveis causas como depressão ou uso de drogas por exemplo, que possam estar na origem do problema. 

Além disso, o médico faz também um exame físico em busca de deformidades no órgão genital, doenças na próstata, sinais de hipogonadismo ou sinais de doenças cardiovasculares ou de problemas neurológicos.

Quando necessário, o médico pode também pedir a realização de exames de laboratório para avaliar os níveis das libidos, açúcares e do hormônio testosterona no organismo, pois esses valores podem ajudar a identificar o possível problema.

Tratamento

A Disfunção Erétil pode ser tratada de diferentes formas, pois o seu tratamento depende da sua causa. Assim, algumas das opções de tratamento que existem são:

  • Uso de remédios como XtraPower e XtraPowerGel.
  • Terapia de reposição com hormônios em cápsulas, adesivos ou injeções que aumentam os níveis de testosterona e facilitam a testosterona;
  • Uso de aparelhos de vácuo que favorecem a ereção e são especialmente aconselhados para homens que não podem fazer o tratamento com remédios;
  • Cirurgia para implantação de próteses penianas que são usadas apenas em último recurso apenas quando todos os restantes tratamentos não tiveram sucesso.

Além dos tratamentos referidos, o aconselhamento com um psicólogo ou psiquiatra e a terapia de casal são também muito importantes, pois ajudam tratar outros problemas, medos e inseguranças que possam existir e que estejam também contribuindo para o problema.

A psicoterapia também é indicada nestes casos para ajudar a tratar o estresse, ansiedade e a depressão.

Tratamentos indicados no artigo!

Os remédios indicados neste artigo encontram-se listados abaixo. Recomendamos que efetuem suas compras diretamente no site dos fabricantes para evitar qualquer tipo de falsificação em seus produtos.

Como leitor do blog Crescer Bem Brasil, terá descontos exclusivos comprando em nossos links. Aproveite pois a quantidade é limitada!

Porque indicamos estes produtos?

Nossa equipe entrou em contato e recebeu deste fabricante estes 2 produtos de sua linha de tratamento de Ejaculação Precoce e Disfunção Erétil.

Desta forma, pudemos efetuar os testes, inclusive laboratoriais e comprovar a qualidade do produto, bem como sua eficácia.

Além disso, recolhemos diversos depoimentos de leitores onde os mesmos afirmaram que após usar, principalmente em conjunto, obtiveram resultados incríveis e puderam surpreender a pessoa amada!